7 Razões Para Amar Joseph Gordon Levitt

Nesse mês de outubro o nosso muso é Joseph Gordon Levitt, o ator mirim americano que cresceu – e como cresceu – conquistou seu lugar ao sol em Hollywood e no nosso coração.

Entre tantos outros, listamos 7 motivos para ama-lo.
E como não amar?

1- Na adolescência ele estrelou o filme “10 coisas que odeio em você” (por falar em listas né).

Que é um filme pra lá de legal, com elenco, roteiro e trilha sonora incríveis
Aliás, nosso muso geralmente vem acompanhado de boas trilhas sonoras e isso nos leva ao próximo item.
10 coisas que odeio em você jodeph
2 – Ele desabrochou como galã no filme “500 dias com ela”
Que é o filme mais fofis, cute-cute-indie com a melhor trilha de todos os tempos.
summer1

3- Além de ser um ator talentoso ele também é diretor e roteirista.
Ele estrelou, escreveu e dirigiu o filme “Don Jon” em que faz um par romântico muito quente com a Scarlett Johansson (mas esse eu ainda não assisti)
joseph gordon
Por falar em quente…
4 – Ele é muito sexy!
Para você ter idéia, coloquei na busca do Pinterest a palavra “hot” e a primeira coisa que apareceu foi uma foto dele.
joseph gordon sexy
6 – Ele tem o melhor estilo na hora de se vestir.

Uma mistura de “homenzinho” elegante da mamãe com nerd e sedutor.

joseph gordon lewit

7- Ele é o Robin.
E vocês já sabem que aqui na Coelhoshow somos fanáticos por Batman, e pelo Robin também, principalmente agora.

joseph gordon robin
Eu nunca assisti a nenhum filme dele que fosse ruim, além disso ele tem uma carreira admirável de criança que cresceu na frente das câmeras e não surtou, apenas seguiu crescendo e provando seu valor.

Por tudo isso ele é nosso muso.
E de brinde ainda tem uma foto com gatinho fofo, hehe:

joseph gordon levitt

Beijos
Lívia Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>